Temas Preferenciais

Os Trabalhos Técnicos deverão tratar de temas que tenham sido estabelecidos como preferenciais para o XIX ERIAC. Os autores deverão indicar o Comitê de Estudo e o número correspondente do tópico preferencial.

CE A1 – Máquinas elétricas rotativas
  1. Novos materiais aplicados na fabricação de máquinas elétricas;
  2. Modernização e repotenciação de grandes máquinas elétricas;
  3. Desenvolvimento de materiais isolantes para máquinas elétricas;
  4. Manutenção de grandes geradores;
  5. Ensaios elétricos em grandes máquinas;
  6. Grandes motores e motores de alto rendimento;
  7. Aumento de eficiência de grandes máquinas;
  8. Utilização de compensadores síncronos;
  9. Experiência com sistemas de monitoramento com aplicação de algoritmos de diagnóstico e prognóstico;
  10. Pequenas centrais hidrelétricas, máquinas para geração distribuída e energia renovável;
  11. Usinas hidrelétricas reversíveis.
CE A2 – Transformadores e Reatores
  1. Transformação digital, indústria 4.0 e BIM (Building Information Modeling) para transformadores e reatores;
  2. Modelagem e novas tecnologias para aplicações especiais de transformadores e reatores;
  3. Melhores práticas para diagnóstico de condição e gestão de ativos. Estratégias de manutenção de transformadores, reatores e seus componentes;
  4. Especificação, integração, manutenção e gestão de sistemas de monitoramento para garantir o uso eficaz das informações;
  5. Comutação sob carga, novos requisitos associados à geração intermitente e soluções;
  6. Confiabilidade e análise post mortem de transformadores, reatores e componentes. Identificação de novos modos de falha e causa raiz.
CE A3 – Equipamento de transmissão e distribuição
  1. Novos avanços e desenvolvimentos na área de monitoramento online de disjuntores;
  2. Novas técnicas de testes não invasivos para equipamentos de medição e manobra;
  3. Avaliação e experiência na utilização de seccionadoras em subestações;
  4. Análise de gases e umidade em transformadores de instrumentos e avaliação de estado;
  5. Novas tecnologias em desenvolvimento para substituir o SF6;
  6. Manobra de Reatores: critérios para estudos de dimensionamento de reatores e disjuntores;
  7. Confiabilidade de equipamentos de manobra e de medição;
  8. Low Power Instrument Transformers – Integração dos LPTI nas subestações digitais;
  9. Gestão de ativos no contexto das subestações compartilhadas e das novas tecnologias de modelagem e armazenamento de dados dos equipamentos.
CE B1 – Cabos isolados
  1. Projeto, fabricação, técnicas de instalação, “as built” e manutenção em sistemas de cabos CA;
  2. Operação em condições de transitórios de ampacidade;
  3. Coordenação de isolamento, requisitos e recomendações para sistemas de cabos de potência;
  4. Descomissionamento de Linhas Subterrâneas terrestres instaladas em cabos a óleo de baixa pressão;
  5. Técnicas e procedimentos para obras civis em Métodos Construtivos não destrutivos;
  6. Monitoramento Térmico como ferramenta para critérios de capacidade de transmissão (ampacidade);
  7. Questões quanto a termos de permissão de rotas de Linhas de transmissão Subterrâneas: providências e implementação;
  8. Ensaios e testes de comissionamento para sistemas de cabos com classes de tensão 230 e 345 kV - CA.
CE B2 – Linhas aéreas
  1. Projeto, construção e manutenção de linhas de transmissão com soluções não convencionais;
  2. Recapacitação e repotenciação de linhas de transmissão;
  3. Desenvolvimento e aplicação de novos materiais em linhas de transmissão;
  4. Aplicação de novas tecnologias (por exemplo, Realidade Virtual, Realidade Aumentada, Internet das Coisas) no projeto, operação e manutenção de linhas de transmissão;
  5. Técnicas não convencionais de manutenção em linhas energizadas;
  6. Monitoramento em tempo real de linhas de transmissão;
  7. Estudos e experiências práticas para atendimento aos critérios de campos elétrico e magnético em linhas de transmissão;
  8. Aspectos técnicos, legais e de segurança no uso e ocupação das faixas de passagem de linhas de transmissão;
  9. Aspectos de projeto, construção e manutenção de linhas de transmissão em áreas urbanas ou densamente ocupadas;
  10. Monitoramento e avaliação de dados relacionados às ocorrências de eventos climatológicos de grande intensidade em linhas de transmissão;
  11. Experiência no restabelecimento de linhas de transmissão após eventos climatológicos de grande intensidade;
  12. Estudos sobre o envelhecimento e monitoramento de ativos de linhas de transmissão;
  13. Fundações não convencionais de linhas de transmissão;
  14. Estudos sobre poluição de componentes de linhas de transmissão;
  15. Minimização dos impactos ambientais e sociais na implantação das linhas de transmissão;
  16. Experiência com condutores não convencionais;
  17. Influências do meio ambiente e das condições climáticas no projeto, construção e manutenção de linhas de transmissão;
  18. Uso de drones em procedimentos de avaliação, construção e manutenção de linhas de transmissão.
CE B3 – Subestações e instalações elétricas
  1. Novos requisitos de manutenção e projeto para subestações e lições aprendidas com os períodos de pandemia do COVID 19;
  2. Experiências com plataformas de projeto acima do 3D (7D BIM - Building Information Modeling), integradas com dados de O&M e Realidade Virtual;
  3. Desafios e expectativas das subestações “digitais”. Experiências de Operação;
  4. Soluções de subestações para atender aos novos requisitos da rede, incluindo o crescimento de recursos de energia renovável, geração distribuída, veículos elétricos e armazenamento de energia;
  5. Mitigação ambiental. Saúde e segurança. Impactos de segurança. Gerenciamento de incêndio dentro de subestações;
  6. Dimensionamento do barramento da subestação: requisitos elétricos, mecânicos e civis;
  7. Avaliação dos ativos de subestações (determinação da condição atual e vida residual incluindo equipamentos e sistemas da subestação como sistemas de controle, comunicação e proteção, sistemas de aterramento, sistemas de controle de incêndio, entre outros;
  8. Novas configurações de conexão para aumentar a confiabilidade e reduzir custos. Desenho de soluções para a continuidade do serviço durante a manutenção, renovação e substituição de equipamentos em subestações;
  9. Novas possibilidades de repotencialização e modernização em subestações.
CE B4 – Elos de Corrente Contínua e Eletrônica de Potência
  1. Novos projetos e planejamento de links HVDC e FACTS, incluindo aspectos ambientais, regulatórios e testes de equipamentos para verificação e desempenho;
  2. Desenvolvimento tecnológico de links HVDC e FACTS, incluindo suas respectivas estações conversoras;
  3. Modelagem, simulação e teste de equipamentos HVDC e links FACTS. Experiências operacionais, desempenho e confiabilidade dos equipamentos existentes;
  4. Novas aplicações de links HVDC e FACTS, como redes HVDC, sistemas multiterminais HVDC, integração de fontes renováveis de energia usando eletrônica de potência, conversores VSC e melhorias no fornecimento de energia elétrica com uso de eletrônica de potência;
  5. Operação coordenada de sistemas FACTS eletricamente próximos e estudo de dois fenômenos Hunting entre equipamentos FACTS. Aplicação de dispositivos FACTS em locais com baixa potência de curto-circuito. Sistemas de alimentação múltipla HVDC. Coordenação de equipamentos HVDC e FACTS de diversos fabricantes. Modernização dos equipamentos HVDC e FACTS existentes;
  6. Aplicações e modelagem de FACTS e HVDC em projetos de energia renovável (eólica, solar e outras) e tecnologia de conversores AC/DC utilizados nestas aplicações. Modelagem e aplicações de VSC como conversores de formação de rede (Grid Forming Converters);
  7. Experiências operacionais e lições aprendidas com os sistemas HVDC e FACTS atualmente em operação;
  8. Inovações na indústria HVDC e FACTS, incluindo novas arquiteturas de conversores, especialmente aqueles ligados à tecnologia VSC e sistemas híbridos LCC/VSC;
  9. Uso de sistemas de controle complementares ou especiais para garantir a operação estável dos sistemas HVDC.
CE B5 – Proteção e Automação
  1. Experiência prática no estudo e análise de algoritmos de relés de proteção. Modelagem, simulação e teste de funções e aplicativos avançados;
  2. Filosofia de ajustes e coordenação de sistemas de proteção e aplicação de ferramentas informáticas;
  3. Medição, Proteção e Controle de Área Alargada (WAMPACS). Esquemas de Proteção da Integridade do Sistema (SIPS) - Sistemas de Proteção Especial (SEP). Impacto do FACTS e HVDC na proteção de sistemas AC;
  4. Impacto da integração de fontes de energia distribuída (eólica, solar, veicular e dispositivos de armazenamento) nos sistemas de Proteção e Controle;
  5. Aplicações de Proteção, Controle e Automação de Redes Inteligentes ao nível da Distribuição;
  6. Análise de distúrbios: apresentação de casos reais, lições aprendidas e ferramentas de análise;
  7. Aplicação prática e resultados em sincrofasores;
  8. Experiência em Automação e Digitalização de Subestações e Redes Elétricas;
  9. Casos de aplicação da norma IEC 61850. Experiências na implantação e manutenção dos sistemas;
  10. Estado da arte e avanços tecnológicos em sistemas comerciais de medição de energia elétrica;
  11. Gestão do ciclo de vida dos ativos de Proteção, Controle e Automação (instalação, manutenção, ampliação e retrofit);
  12. Gestão de desempenho dos sistemas de Proteção, Controle e Automação;
  13. Cibersegurança em sistemas de Proteção, Controle e Automação;
  14. Treinamento e qualificação de especialistas em sistemas de Controle, Proteção e Automação.
CE C1 – Desenvolvimento de Sistemas Elétricos e Economia
  1. Utilização de métodos e ferramentas de análise estática e dinâmica do sistema elétrico no planejamento de sistemas e na análise econômica;
  2. Avanços e novas abordagens na aplicação de critérios de planejamento de sistemas elétricos e avaliação de confiabilidade (segurança, suficiência, resiliência);
  3. Incremento da capacidade de transporte por meio de avaliação de segurança baseada em risco e tecnologia avançada de informação, comunicação e eletrônica de potência para melhoria da estabilidade do sistema e do desempenho dinâmico;
  4. Dependência futura, requisitos e economia dos serviços auxiliares para controle de frequência, tensão e outras necessidades do sistema (procedimentos de rede);
  5. Problemas de planejamento do sistema em países recém-industrializados e em desenvolvimento, incluindo áreas metropolitanas;
  6. Estratégias de gestão de ativos aplicadas ao sistema elétrico para definição de políticas ótimas;
  7. Impacto no desenvolvimento do sistema de novas soluções e tecnologias em áreas como geração, gestão de demanda, armazenamento de energia e sistemas de distribuição “inteligentes”;
  8. O impacto dos métodos de fixação de preços e tarifas para serviços de transmissão no desenvolvimento do sistema;
  9. Planejamento de sistemas de transmissão de longa distância e interconexões internacionais;
  10. Planejamento conjunto de transmissão e distribuição;
  11. Utilização de métodos e ferramentas para análise e planejamento de sistemas de transmissão considerando o desenvolvimento dos diferentes centros de geração com energias renováveis.
CE C2 – Operação e Controle de Sistemas
  1. Aumento da capacidade de transmissão em interligações regionais e internacionais;
  2. Aumento da participação de geração conectada à rede através de inversores e suas consequências na operação do sistema;
  3. Desafios das relações TSO/DSO em função do aumento da participação de geração distribuída;
  4. Utilização efetiva e eficiente de sincrofasores na operação de sistemas de potência;
  5. Aplicação de inteligência artificial, aprendizado de máquina e análise de dados no planejamento da operação e na operação em tempo-real;
  6. Uso de ferramentas de suporte à decisão em salas e centros de controle;
  7. Treinamento das equipes de operação em tempo real e aumento da consciência situacional;
  8. O sistema de potência do futuro: digitalização, descentralização e descarbonização.
CE C3 – Desempenho Ambiental de Sistemas
  1. Comunicação e participação das comunidades nos projetos planejados;
  2. Avaliação econômica dos impactos sociais e ambientais;
  3. Aspectos ambientais desde o planejamento até a fase de operação e descomissionamento dos sistemas elétricos e de armazenamento, incluindo a análise do ciclo de vida;
  4. Incorporação de instalações elétricas de média e alta tensão, subestações, linhas aéreas e cabos. Considerações ambientais;
  5. Impactos ambientais e sociais na avaliação do fornecimento de energia elétrica em áreas isoladas;
  6. Indicadores de sustentabilidade para geração e transmissão de energia elétrica;
  7. Gestão de conflitos institucionais, jurídicos, sociais, técnicos, etc. no projeto, instalação e operação das instalações;
  8. Gestão de passivos ambientais em empresas do setor elétrico.
CE C4 – Desempenho de Sistemas Elétricos
  1. Técnicas e procedimentos para diagnóstico e mitigação de problemas de qualidade de energia; curvas de sensibilidade e suportabilidade de equipamentos e processos industriais; impactos econômicos associados a falta da qualidade do fornecimento. Técnicas para diagnóstico e compartilhamento de responsabilidade sobre emissões de distúrbios de QEE; regulamentação; indicadores e gestão; estudo de casos;
  2. Impacto da integração de instalações não lineares, tais como, fontes renováveis alternativas e geração distribuída, particularmente de complexos eólicos e solares, elos CC e equipamentos FACTS no desempenho do sistema elétrico;
  3. Análise das causas e efeitos de sobretensões temporárias e transitórias nos sistemas elétricos de potência, em suas instalações e equipamentos; métodos para controle de sobretensões; impacto das sobretensões transitórias no desempenho dos equipamentos e instalações; métodos para avaliação destes impactos; 
  4. Melhoria nos modelos, ferramentas computacionais e algoritmos para estudos dinâmicos e transitórios. Ênfase na integração de fontes renováveis alternativas, particularmente de usinas eólicas e solares no sistema de transmissão; Cossimulação (dinâmica e transitória); Experiência no uso de simulação em tempo-real; Aplicativos e algoritmos de PMUs; estudos de casos;
  5. Aplicação de dispositivos para controle de sobretensões; novas tecnologias na coordenação do isolamento; medição de transitórios eletromagnéticos; 
  6. Estudos e pesquisas do impacto das descargas atmosféricas no desempenho de sistemas elétricos. Aplicação de para-raios em linhas de transmissão; desenvolvimento de modelos e metodologia para análise do desempenho de linhas e subestações frente a descargas atmosféricas diretas e indiretas; mitigação dos problemas; critérios e medidas;
  7. Campos elétrico e magnético provenientes de instalações CA e CC do sistema elétrico; Interferência eletromagnética nas instalações; metodologias para cálculo, medição e mitigação dos efeitos adversos.
CE C5 – Mercados de Eletricidade e Regulação
  1. Integração energética dos países da região, interconexões dos sistemas elétricos, interações entre os mercados de eletricidade e gás natural, etc.;
  2. Planejamento da expansão da geração sob critérios de sustentabilidade econômico, social e ambiental;
  3. Expansão do mercado livre;
  4. Aperfeiçoamento do sistema de leilão de preços;
  5. Formação dos preços da energia;
  6. Financiamento do sistema elétrico;
  7. Gestão do lado da demanda;
  8. Introdução da tecnologia de armazenamento;
  9. Gestão de risco na comercialização de energia;
  10. Impacto regulatório nos mercados de redes inteligentes;
  11. Concorrência para o envio de energias renováveis flutuantes, prioridades, experiências.
CE C6 – Sistemas Ativos de Distribuição e Recursos Energéticos Distribuídos
  1. Aplicações de armazenamento de energia em redes de distribuição;
  2. Avaliação da geração distribuída considerando casos reais de aplicação em redes de distribuição e sistemas isolados (eletrificação rural);
  3. Gestão operacional de redes inteligentes, incluindo microrredes;
  4. Novos mercados de energia transativa e resposta à demanda incentivada por tarifas;
  5. Integração de veículos elétricos na rede de distribuição;
  6. Tecnologias emergentes em redes elétricas inteligentes (Smart Grid).
CE D1 – Materiais e Técnicas de Ensaios Emergentes
  1. Desenvolvimento/atualização de metodologias de ensaio e/ou calibração para ensaios em equipamentos elétricos;
  2. Novas técnicas de diagnóstico não invasivo e desempenho de materiais e equipamentos elétricos e energéticos;
  3. Monitoramento on-line do diagnóstico das condições do equipamento. Técnicas, calibração e experiências na área;
  4. Validação de desempenho laboratorial de novos materiais para o sistema eletroenergético;
  5. Introdução, impacto e validação de novos materiais no sistema eletroenergético.
CE D2 – Sistemas de Informação e Telecomunicação para Sistemas Elétricos
  1. Segurança da Informação (Cibersegurança) aplicada a sistemas elétricos de potência: pessoas, processos e tecnologia;
  2. Computação em nuvem para sistemas operacionais e de missão crítica;
  3. Virtualização de servidores e serviços de rede;
  4. Sistemas de Comunicação de Transmissão de Pacotes (PSN) para Redes de Alta e Extra Alta Tensão;
  5. Aplicações Blockchain no setor elétrico: Gestão de Ativos, Comercialização de Energia, Sistemas de Medição de Energia Comercial, Medição Inteligente;
  6. Aplicações de inteligência artificial para aumentar a eficiência operacional;
  7. Impactos nos processos e na rede de Telecomunicações e Tecnologia da Informação durante a pandemia;
  8. Aplicações de teleproteção e proteção diferencial de linha via rede IP;
  9. Redes de telecomunicações para redes inteligentes;
  10. Perspectivas e aplicações da Rede 5G para o setor elétrico;
  11. Aplicativos para uso de Realidade Virtual ou Aumentada no setor elétrico;
  12. Aplicações de Internet das Coisas (IoT) no setor elétrico;
  13. Aplicações de análise de dados, inteligência artificial e aprendizado de máquina para apoiar a operação e manutenção do sistema elétrico de energia;
  14. Computação em Nuvem;
  15. Utilização de tecnologias capacitadoras para manutenção preditiva no setor elétrico.

Promoção

Apoio Organizacional

Patrocinadores